Silêncio oportuno

Às vezes canso de ser e me deixo não ser. Mesmo sendo.

Sou telespectadora, sou coadjuvante, sou protagonista. Me deixo ser. Não sou roteirista. Não sou boa com escrita e diálogos eloquentes.

Não sei se é ou não é. Mas está sendo. Mesmo não sendo.

Anúncios

3 comentários em “Silêncio oportuno

    1. Poxa, Rafael! Farei isso. Só preciso de um pouco de inspiração e, não sei pra você, mas esse ano foi bem pesado, viu?! Não prometo em 2015, mas em breve que deixar isso nos trinques pra te inspirar mais ainda! 😉 hahaha

  1. É tão bom quando em poucas palavras conseguimos expressar tanta coisa, não é mesmo? A vida é um eterno ser e as vezes precisamos ser algo mais pra atingir objetivos enquanto que em outros precisamos apenas ser nós mesmos. Estamos sendo o tempo todo e talvez nunca lembremos de que fomos com exatidão ou no momento que precisamos lembrar. Certamente, com o passar dos anos vamos evoluindo apenas sendo quem somos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s