Cardiomiopatia de Takotsubo

E de repente, durante uma breve caminhada ela se cansou. Voltou pra casa correndo, deitou em sua cama, deixou seu pulmão de lado e acendeu um cigarro. Deixou seu fígado e bebeu uma dose de vodka. Não adiantou… Aos prantos e olhando seu reflexo no espelho foi lentamente retirando seu coração com todo o cuidado. Ela o queria de volta mais tarde, mas por hora não queria isentar seus sentimentos.

Deitou-se outra vez com as únicas coisas que lhe sobraram, sua silhueta e seu cérebro. Não mais sentia além do pensar. Viu-se leve. Sem sentimentos não havia inspiração. Seus batimentos estavam cada vez mais lentos. Tarde demais… Nada adiantou apenas o cérebro.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s