A vidente do amor

Todo mundo, acho eu, deva possuir uma curiosidade imensa em saber como será o próprio futuro. Embora não acreditemos muito nas ciganas e nas leituras das cartas dos anjos, nós ficamos um pouco em cima do muro quanto a isto, afinal de contas, se você descobre que vai perder o emprego, ou vai encontrar o amor de sua vida logo que virar aquela esquina da padaria é bem provável que você até ajude os “anjos” das cartas para que a situação ocorra de maneira mais efetiva. ÓBVIO!

Mas apesar das dúvidas, eu acredito que deva existir o destino “karmático” em nossas vidas que independente das escolhas que fazemos, cairemos sempre na mesma toca. Sim! Eu acredito nas videntes. E ontem duas colegas de trabalho e eu fomos na casa de uma depois do trabalho, a fim de saber um pouco mais como andam nossas vida. Pasmei!

Fomos com a cara e a coragem. Detalhe: não tínhamos marcado horário. Descobrimos que tocamos a campainha da casa certa quando demos de cara com um cartaz gigantesco! VIDENTE DO AMOR: TARÔ, BÚZIOS, VOODOO e otras cositas más… Enfim, uma mulher colocou a cabeça na janela e disse que poderia fazer uma leitura das cartas para nós.

A primeira pergunta que fiz antes de passar pelo portão foi: “Quanto tempo dura?” e ela: “20, 30, até 40 minutos, depende do que a entidade vai falar.” Oh, céus! Não acredito que estava ali. Sinceramente, eu imaginei que o fato de as “entidades falarem” a voz da Jane (a vidente) poderia alterar e as coisas se moveriam sozinhas. Ilusão de pessoas muito criativas.

Bem, entramos e a Tamires foi primeiro. Enquanto ela estava lá dentro a Camila e eu conversamos sobre várias coisas. De repente aparece um menininho, o Nathan. Ele nos ofereceu água. Eu disse não. A Camila disse sim. O Nathan volta sem a água, mas pergunta se a Camila quer Coca. Como assim, uma casa tem Coca e não tem água? Mas tudo bem. Antes de ela dar o primeiro gole olhamos bem o copo para ver se não havia nada no fundo. Nunca se sabe. Que pecado! Mas voltando ao momento ocioso de espera, aconteceram muitas coisas: conversamos com o Nathan, conversamos só entre nós, uma maritaca me mordeu, eu perdi meu brinco, minha mãe me ligou, meu vizinho me ligou, um garoto suado entrou na casa e saiu cheirando à Boticário, uma televisão ligou e eu me assustei. Sim! A consulta da Tamires durou exatamente cinquenta e três minutos. Fiquei boquiaberta! A menina saiu com o rosto branco e pasma. Fiquei até com medo, mas passou quando eu ouvi o “pode entrar aqui” intimador da vidente me chamando para entrar.

A sala estava quente, mas havia uma explicação, era para que a entidade não saia e para preservar as velas acesas. Não era nada daquilo que eu pensava. Óbvio que você entra num espaço estranho. Muitos santos, muitas velas, muitos bonequinhos, muitas cartas, muitos papéizinhos, muito calor e muita curiosidade também.

Jane pediu para que eu não entrasse em detalhes sobre nada antes que ela perguntasse, porque senão ela pode definir determinados pontos e eu posso definir que ela só disse aquilo por causa da minha história já contada. Sensata a mulher, gostei dela neste instante. Primeira coisa: ela me disse que eu tenho o corpo muito aberto e minha aura é muito boa. Disse que eu sou a estrela que mais brilha em minha casa e que ela viu muitas mudanças. Ela disse quais são, mas direi quando me perguntar, afinal de contas, alguém pode ficar triste. Entenda como ironia, queridos e queridas.

Fiquei mais boquiaberta ainda quando eu descobri que a minha sessão havia terminado em 20 minutos. E o Grand Finale aconteceu com “você tem o coração muito frio para o amor, mas eu vejo uma relação duradoura com uma pessoa que virá até você e saiba que ela está mais perto do que você imagina.” Pasmei! Tem tantas pessoas perto de mim atualmente que pode ofuscar a minha inteligência emocional para o amor… Huhuhu.

E este foi o meu fim de tarde de uma sexta-feira pós-trabalho. Geralmente o povo toma café, joga futebol, vai brincar com o filho pequeno, vai fazer faxina. Nós vamos à vidente. E eu descobri o motivo da cara de bunda da Tamires depois da sessão. Logo que saímos a vidente nos benze e diz: “Saia e não olhe para trás”. E a minha hipótese sobre a alteração da voz e coisas se moverem sozinhas foi desmistificada, mas aí eu pensei outra: será que viraremos sal?

Anúncios

4 comentários sobre “A vidente do amor

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s