mEU Eu Lírico

Eu sou alguém paradoxalmente equilibrada, concordo estritamente com Yin-Yang pelo fato de o bem complementar o mal.
Eu sou católica, admiro a filosofia budista, já dancei sob o mantra Hare Krishna, acho interessante a submissão dos muçulmanos perante Allah e creio no antropocentrismo.
Eu tenho lá as minhas razões para ser devota fervorosa de Dionísio, por mais que eu odeie os quatro dias de Carnaval constante.
Eu tenho um gosto maior pelos livros de auto-ajuda, pela filosofia que há por trás de tudo, acho que não preciso da depressão para daí encontrar um equilíbrio psicológico.
Eu concordo com certos pontos de vista de Hitler, embora não seja nazista.
Eu assisto aos filmes de guerra, mas nem por isso vejo necessidade de ser sádica.
Uma vez, eu estava lendo Nietzche, descobri que “Deus está morto”, e uma garota me disse: “Credo, não leia essas coisas não, faz mal”. Agora eu penso… Eu não sou tudo o que eu leio, eu apenas tento compreender, acho a idéia interessante, filtro o que é mais possível e aumento meus conhecimentos sobre. Não me considero anti-cristo.
Eu sinto, às vezes, que nasci na época errada, quem me dera ter nascido em 1959 para que pudesse sentir a minha juventude acontecendo num processo lento e gradual.

Anúncios

2 comentários em “mEU Eu Lírico

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s