A Farsa do Papai Noel

Desde pequena me perguntam o que eu quero ganhar de Natal e eu, maravilhada com as luzes coloridas que pairam sobre as cabeças de todo mundo nessa época, tentava escolher dentre tantas coisas, UMA que me fizesse realmente feliz.

Já pedi cd’s, muitos cd’s! E onde eles estão neste momento? Não sei, agora eu tenho LimeWire
Já pedi roupas, muitas roupas! E onde elas estão neste momento? Dormindo na cama de um orfanato, ou no chão sujo da praça pública
Já pedi um microsytem! E onde ele está neste momento? Cheirando mofo no fundo do meu quarda roupa, aquele aparelho quase me matou no banheiro uma vez
Já pedi coisas significativas que tenho guardadas até hoje, sim! Gosto de presentes, principalmente aqueles que me fazem lembrar de pessoas especiais, por exemplo… meus pais!
Já pedi bonecas, aquelas que andam sozinhas, que falam sozinhas, uma vez ganhei uma que peidava! E onde elas estão neste momento? Se não estavam nas Diretas Já! viraram calouras universitárias.
Já pedi Barbies e seus cômodos! E onde eles estão? Sem cabeça e cobertas de larvinhas… sim! Aquelas coisinhas amarelo-pus!!!
Ano passado pedi uma surpresa e ganhei um Diskman…eles está alí na minha mochila verde musgo, ele me distrai quando vou pro cursinho… distraía! Não o perdi, é que o cursinho acabou
Lembro-me dos tempos de criança em que, dentre tantas coisas, eu tinha que escolher só UMA que me fizesse realmente feliz…mas esse ano eu quero uma surpresa, eu sei o que eu qro…

Queria passar numa facul legal, queria fazer arquitetura ou design, queria morar em república, queria passar a noite estudando fórmulas que nunca usaria, queria ir à cantina, tomar milk-shake, comer hamburger e estudar para a prova de amanhã, queria sofrer fazendo ENEM para somar pontos com um vestibular, queria andar com meu All Star por uma rua qualquer e perguntar a um estranho: “você sabe onde fica isso?” e mostrar um papelzinho amarelo todo amassado que estava no bolso da minha calça marfim, queria pegar ônibus e mais ônibus para chegar na casa dos meus pais e dizer: “ah! que saudade!”, queria ter uma mala preta de rodinhas para facilitar nas viagens, queria estagiar numa empresa bacana, queria comprar água naquele barzinho dali, queria comer o melhor pastel da cidade tomando um suco que não é lá grande coisa, mas a fome é grande, queria varrer minha casa, queria lavar o prato que eu acabei de usar, queria tomar banho de 5 minutos e sair atrasada para a aula daquela professora chata usando aquela blusinha e a minha velha calça marfim que eu mesma lavei, queria economizar dinheiro para mês que vem, queria não usar o telefone, porque vai gastar pulso, queria simplesmente não entrar mais na internet e dizer: “não entro muito, estou em tempo de provas e estou fodida!”

Sim, eu sei o q qro, só gostaria de saber se o Papai Noel sabe…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s